Arquivo da tag: Windows 8

Menu “Iniciar” estará (finalmente) de volta ao Windows

No evento Microsoft Build Developer Conference 2014, a Microsoft apresentou uma novidade mais que esperada para quem comprou um computador com Windows 8 (principalmente, computadores sem o recurso de touch screen) ou quem atualizou seu sistema à partir do Windows 7 para o 8: o Menu Iniciar.

Continuar lendo Menu “Iniciar” estará (finalmente) de volta ao Windows

Microsoft tá boazinha! Ganhe uma licença do Windows Media Center para Windows 8 Pro

É isso aê! A Microsoft largou mão de ser mão de vaca e está oferecendo aos felizes (!!!) possuidores do Windows 8 Pro uma chave de ativação do Windows Media Center para Windows 8.

0001

Para adquirir gratuitamente sua licença, basta possuir uma cópia do Windows 8 Pro original e um email válido.

Tá esperando o que? Clique aqui e pegue já a sua! Tá tudo liberado até 31 de Janeiro.

Vale lembrar que o Windows Media Center está totalmente destoado da interface ModernUI.

Review: Windows 8 sem dó nem piedade

“Mas esse blog não é sobre Ubuntu?” Podem ser perguntar os mais ávidos e a resposta é um “não” em letras garrafais. Somos um blog voltado para geeks que amam tecnologia, independente de qual seja ela (incluindo Estrelas da Morte).

Uau!!!

Uhum, é isso mesmo o que eu disse quando instalei o sistema e ele solicitou meu email e senha do Windows Live para logar no sistema. Em poucos minutos, minha tela estava com meus emails, o calendário com as datas de aniversários de meus amigos e mais um monte de coisas que eu ainda estava a descobrir “o que”.

0001

Ainda foi me permitido conectar à contas de email do Google e às redes sociais que eu uso, como Twitter e Facebook. Nossa!!! Fiquei “abestado” com tanta conectividade.

O sistema na interface ModernUI é todo baseado em gestos. Algumas pessoas podem ter certa (okay, muita) dificuldade, mas essa parte será abordada mais à frente.

Você

Primeiro vamos ao uso da ferramenta de email, que é, sem dúvida, uma das partes mais interessantes do sistema. Confira a leitura de um email

0002

Uma vez na tela de email, você poderá selecionar a conta de email desejada, verificar os temas e ler a mensagem à direita. O legal é que nessa parte, existe pouca coisa chamando sua atenção, e isso é ótimo, pois você pode se concentrar no que está fazendo sem se preocupar com distrações. O problema é quando precisa-se de informações de um documento e você precisa copiar para outra tela.

0003

O documento à esquerda é um PDF que o Windows já lê nativamente sem precisar de aplicativos de terceiros. O problema fica ao tentar dividir a tela no meio. Não existe. Ou o documento fica um pouquinho à esquerda (ou ou pouquinho à direita), mas não existe possibilidade de dividir a tela pela metade com dois apps.

A faixa azul com opções adicionais durante a escrita da mensagem aparece ao se clicar com o botão direito do mouse e some com o mesmo clicar de botão.

Enviado o email, vamos para a parte do “social”. Onde suas redes sociais são integradas em uma janela com atualizações diversas.

0004

Na lateral esquerda, como se pode ver, são exibidos os itens de notificações de atualizações e em novidades, você pode ver o que seus contatos estão fazendo. As fotos foram cortadas propositalmente para este post.

Tela “Novidades” das redes sociais

A navegação é uma rolagem lateral e permite ver as novidades misturadas de suas redes sociais. Bom para quem não liga em compartilhar várias coisas diferentes com públicos distintos ao mesmo tempo.

A seta para baixo ao lado do nome do Facebook permite trocar a atualização para outra rede social.

Entretenimento > Músicas

O Windows 8 definitivamente é uma mistura de loja online com o que você espera de um computador. Existe, claro, o Windows Media Player padrão, exatamente como o conhecemos no Windows 7, e existe o app “Música”. Este app traz uma loja de música, elementos da XBOX Music e indicações. É possível ouvir um trecho de uma música que está na loja e depois comprar o álbum.

A navegação nesta tela também é horizontal, mas suas músicas pessoais ficam à esquerda. Esta é a primeira tela que se vê ao abrir o “Música”. Confira a área com as músicas pessoais guardadas no computador.

Uma vez que você clica no álbum, é aberta uma “tile” com as músicas, informações do álbum e as opções. Clicar em “play” faz subir uma barra inferior com o progresso e as opções da música atual.

Entretenimento > Vídeos

O Windows 8 vem com codecs básicos de leitura de arquivos de vídeos, então, para assistir MKV ou outros formatos populares, será necessário baixar um pacote de codecs, como o popular K-Lite Codec Pack.

O Aplicativo padrão da interface Modern para visualização de vídeos é o “Vídeos”. Simples. A operação também é simples e é baseada em gestos. Uma vez que você mexer o ponteiro do mouse, ele irá exibir os controles na tela.

Clicar na seta para a esquerda irá levá-lo ao painel de abertura de outros vídeos ou arquivos. Se clicar com o botão direito do mouse nesta tela, você poderá voltar ao vídeo clicando na miniatura dele na barra inferior.

O Windows 8 não vem com um programa leitor de DVD por padrão, sendo assim, para assistir DVDs nele, será necessário utilizar programas de terceiros, como o VLC Player, ou então comprar separadamente o Windows Media Center.

Windows Store

A loja que muita gente grande está odiando, parece lotada de coisas que não fazem o menor sentido para o uso do computador como ferramenta de produtividade.

Os aplicativos ficam separados por categorias, começando com Destaque, Jogos, Fotos, Vídeos, Esportes, Boa forma, Viagens, Culinária, Clima, Livros, Finanças, etc. Entrar em uma das categorias permite ver todos os aplicativos dentro dela e, ao clicar em um app, é exibida a tela com informações e opção de compra (se aplicável)e instalar.

O conceito da loja de aplicativos ficou muito interessante. Ao final da instalação do aplicativo, é exibida uma notificação na parte superior direita da tela.

Para fechar qualquer aplicação da interface Modern, basta levar o ponteiro do mouse na parte superior da janela de arrastá-la para baixo. O equivalente à minimizar é apenas pressionar a tecla Windows ou então clicar em Iniciar na barra lateral direita, que será mostrada mais à frente.

Fora aplicativos feitos para a interface Modern, você não verá itens mais variados, como o navegador Google Chrome, aplicativos Open Source ou afins. Isso fica para a outra interface.

Um verdadeiro Frankenstein

Depois de conhecer e babar em alguns elementos, partimos para a parte da avaliação do computador como uma ferramenta, e não apenas como uma opção de entretenimento, e é aqui que começam os “porém” do Windows 8.

Do ponto de vista estético, a interface Modern é bonita, até que você decida utilizar um aplicativo que não existe para ela. Primeiro, para achar o aplicativo, você precisará encostar o ponteiro do mouse na extremidade inferior direita da tela, ou clicar com o botão direito do mouse e selecionar na barra inferior que surgir “Todos os aplicativos”, que serão exibidos em toda a tela.

Uma vez que você o encontrou, seu Desktop irá mudar para a interface “Windows”, mas sem o conhecido menu Iniciar. O que você tem é apenas “isso”:

Um Desktop “clean”, mas sem um menu Iniciar dá um visual desértico ao ambiente Windows. Para voltar à interface Modern, basta pressionar a tecla “Windows” do teclado, ou encostar o ponteiro na extremidade inferior esquerda na tela.

Na verdade, as extremidades da tela permitem acesso a outras coisas, como por exemplo, a extremidade superior esquerda, em qualquer uma das interfaces do Windows, dá acesso aos aplicativos abertos na interface Modern.

Já a extremidade direita exibe alguns ícones monocrome que permitem voltar à interface Modern (e de dentro da interface Modern, voltar ao Desktop Windows), efetuar buscas no computador (ou na Store, na internet, etc, etc) ou acessar algumas c0nfigurações do Windows 8.

E assim ficam as janelas do Windows 8: cantos retos e sem degradês. A única transparência fica por conta da barra de tarefas.

Ao clicar na opção “Configurações”, um painel é exibido com algumas opções, como brilho, volume, conexão atual de rede sem fio, acesso ao painel de controle e informações sobre o computador.

Se selecionar a opção “Mudar configurações do computador” você será levado a uma tela da interface Modern, se selecionar Painel de Controle, você será levado ao Painel de Controle tradicional do Windows.

A mudança constante de interfaces tornam a experiência do Windows 8 nem um pouco agradável, uma vez que não existe uma consistência entre os aplicativos das duas interfaces. Clicar na tecla Windows levará à interface Windows, clicar outra vez levará a interface Modern. A tela “Configurações” pertence à Modern, mas as configurações mais importantes do Windows só são acessíveis via Painel de Controle da interface Windows.

Usabilidade ZERO!

O Explorer perdeu boa parte de sua barra superior e ficou bem minimalista. Os ícones do Windows continuam boa parte os mesmos.

Um sistema à frente de seu tempo (isso não foi um elogio)

Sim, o Windows 8 é um sistema à frente de seu tempo e isso não foi um elogio.
A troca constante entre interfaces pode deixar qualquer cidadão incomodado com isso, fora o fato de que para ter acesso aos programas que você instalar por fora da Store em seu computador, terá de acessar o menu via interface Modern, então, invariavelmente, você estará trocando de interfaces a cada novo aplicativo que quiser abrir, a não ser que você encha o seu Desktop de atalhos.

A mistura de conceito de usabilidade de tablets e smarthphones com o conceito de uso de um Desktop não parece casar muito bem. Os computadores com tela de toque podem até se beneficiar um pouco mais, mas para computadores comuns e sem essa tecnologia, isso pode ser um verdadeiro pé no saco.

As Live Tiles (retângulos ou quadrados com conteúdo dinâmico) da Modern parece o tempo todo tirar a atenção daquilo que você quer fazer. Tudo se movendo ao mesmo tempo, chamando a atenção para si deve ser algo que até mesmo os mais adeptos da geração Y irão sentir um desconforto.

Usuários em idade mais avançada (não tão avançada, mas à partir dos 30, por exemplo), ou em ambiente profissional ou até mesmo desenvolvedores  irão sentir a falta de um desktop mais calmo.

Se você usa o computador em ambiente acadêmico ou para trabalhos, sugiro aguardar a próxima versão do Windows e ficar com o Windows 7, comprar um Mac ou instalar o Ubuntu, que ainda tem cara de sistema operacional de computador.

Soluções alternativas

Okay, o Menu Iniciar é antigo e precisava de uma “repaginada”, mas não ser arrancado das pessoas assim, sem nada a altura ou melhor, e, vendo um mercado carente de Menus, a Stardock criou o Start8, um aplicativo que instala um menu Iniciar no seu Windows 8 e deixa o Desktop padrão um pouco mais “familiar”.

O menu Start8 é idêntico ao menu Iniciar do Windows 7. Tudo o que você conhece estará lá. O aplicativo é pequeno (4,6MB) e pode ser usado por 30 dias em modo de avaliação. Após esse prazo, pode ser adquirido por $ 4.99 dólares.

http://www.stardock.com/products/start8/download.asp