Arquivo da tag: Ubuntu

Liberando o inacabado, mas útil ebook Ubuntu – Guia do Iniciante 3.0

ubuntu-3-0

Após duas edições de sucesso do livro “Ebook” Ubuntu – Guia do Iniciante, levei um tempo bolando o que eu deveria colocar na próxima edição. Foram horas e mais horas de brainstorm tentando achar um tema dentro do Ubuntu que pudesse ser abordado e trouxesse uma novidade quente, mas nem tudo foram mil maravilhas para o sistema que já fora minha paixão.

O tempo passou, as prioridades mudaram e como o conteúdo do sistema não teve uma mudança drástica entre as versões 12.04 e 16.04, não justificava reescrever tudo do zero, sendo assim, atualizei alguns itens relacionados ao sistema operacional – desses itens, a maioria falta os prints de tela, e adicionei e atualizei bastante conteúdo relacionado ao Linux com a experiência adquirida ao longo desses seis anos (eu parei com o livro em 2016, bem no começo do ano).

Algumas coisas mudaram um pouco de lá para cá, incluindo o entusiasmo que eu sentia quando saia uma nova versão do sistema.

Hoje, venho aqui para anunciar que estou liberando o download da versão inacabada, mas útil, da terceira edição do livro, sob os mesmos termos que regem a segunda edição: você pode baixar, pode pode e pode compartilhar, mas não pode modificar e/ou vender.

Não digo que vou abandonar de vez o projeto, visto que sou entusiasta, mas não prometo retomá-lo. Tudo irá depender das transformações que o futuro me reserva e reserva ao Ubuntu.

Sendo assim, aproveite o conteúdo expandido de Linux no livro. Espero que o material lhe seja de grande valia e que possa servir tanto quanto os outros dois livros serviram a comunidade.

Por hora, despeço-me da comunidade de software livre.

Abraço!

download_icon.jpg

Anúncios

Designer da Canonical apresenta alguns novos ícones do Ubuntu

O designer Matthieu James, criador dos ícones Faenza e atual contratado da Canonical para refazer os ícones do Ubuntu apresentou hoje em uma sessão do vUDS – virtual Ubuntu Developer Summit, os ícones que serão implementados no Ubuntu Touch e que possivelmente estarão presentes na próxima versão do Ubuntu, o Trusty Tahr (14.04 LTS).

Os ícones são bem diferentes do que foi criado pela equipe do designer que Everaldo e sua empresa, a Yellow Icon, apresentando Continuar lendo Designer da Canonical apresenta alguns novos ícones do Ubuntu

Instale o Rhythmbox 3.0 no seu Ubuntu 13.04 ou 13.10

Embora tenha sido lançado há mais de um mês, o Rhythmbox 3.0 ainda não apareceu oficialmente para os usuários do Ubuntu 13.04 e do 13.10 (ainda em desenvolvimento).

Essa nova versão do Rhythmbox conta com uma Continuar lendo Instale o Rhythmbox 3.0 no seu Ubuntu 13.04 ou 13.10

Ubuntu Edge: O smartphone da Canonical pode virar realidade

Alguns dias atrás mostramos em nossa página do Facebook algumas imagens vazadas do que poderia ser o celular da Canonical, empresa que encabeça juntamente com a comunidade a produção do Ubuntu, uma distribuição Linux muito famosa.

Hoje a empresa anunciou uma campanha de arrecadação de fundos para a produção de seu primeiro smartphone utilizando o Ubuntu Touch em dual-boot com o Android.

Das possibilidades apresentadas para o produto, a mais chamativa é a de utilizar o sistema como um PC de mesa completo, desde que ligado a uma tela externa, um teclado e um mouse.

ui-4

O projeto apresenta uma configuração de aparelho bem robusta. Confira as especificações técnicas abaixo

  • Dual boot Ubuntu mobile OS e Android
  • Desktop Ubuntu completamente funcional quando utilizado no dock
  • CPU multi-core, 4GB RAM, 128GB armazenamento
  • 4.5 polegadas com 1,280 x 720 HD sapphire crystal display
  • Câmera traseira low-light 8mp e camera frontal de 2mp
  • Dual-LTE, dual-band 802.11n Wi-Fi, Bluetooth 4, NFC
  • GPS, acelerômetro, gyro, sensor de proximidade, compasso e barômetro
  • Alto-falantes estéreo com HD audio, gravação em microfone duplo e isolamento de ruídos ativo
  • MHL connector, 3.5mm jack
  • Bateria de ânodo de Sílicio Li-Ion
  • 64 x 9 x 124mm

A campanha é ambiciosa. Mark Shuttleworth espera conseguir chegar aos $ 32 milhões. Os valores de doação começam em $ 20 Obamas, chegando a 830 por aparelho a partir de 24hs após o lançamento da campanha. Quem quiser garantir o seu, deve correr e comprar ainda hoje ou estar entre os 5000 primeiros apoiadores. Para esses, o aparelho sairá por $ 600 Obamas.

A campanha entrou no ar na manhã dessa Segunda-feira e até o momento da finalização dessa postagem, já tinha chegado aos $1,855,567

Quer garantir o seu? Entre em http://www.indiegogo.com/projects/ubuntu-edge e seja um “baker”.

Ubuntu Touch: O que há, o que vem por aí e o que podemos esperar

Em 02 de Janeiro, nossa versão “guru” do “Open Source”, Mark Shuttleworthjobs anunciou o futuro da plataforma Ubuntu em um vídeo de quase 20 minutos (e usando um cinto brega ao quadrado): um sistema operacional voltado para as plataformas móveis, como tablets e smartphones, porém, ele quer ser mais que isso.

screen_sizes_4_devices

O Ubuntu Touch já foi assunto em um passado recente deste blog e tem se tornado cada dia um sistema mais e mais promissor, contando com design elegante, funcionalidades interessantes e, lógico, um pacote de serviços atrelados ao software, como Ubuntu One, para backup e armazenamento em nuvem, e o Ubuntu Software Center, uma Central de compras de aplicativos, jogos, livros, revistas e afins.

Smartphone ou PC?

O Ubuntu Touch foi pensado para substituir um computador. Utilizando um smartphone com uma dock station e conectado a teclado e mouse sem fio (ou USB) e a uma tela, seu smartphone se transforma em um computador completo, oferecendo a mesma experiência do Ubuntu Desktop, com suíte de escritório, programas de edição de imagens, emails, acesso a internet e outros, mas sem perder as funcionalidades de smartphone, como a capacidade de enviar e receber SMS e ligações. Trocando por miúdos, é uma estação de trabalho completa no bolso de sua calça.

Toda essa maravilha tecnológica não vira realidade com pouco processamento. Para que as funcionalidades acima estejam disponíveis, é necessário um smartphone com processador dual-core de, no mínimo 1.2Ghz. e 2GB de memória RAM.

Embora essa funcionalidade tenha sido pensada para ser utilizada no Ubuntu for Android, obviamente esperamos que ela seja transferida para o Touch.

Tablets

Enquanto Apple e Samsung se apunhalam na busca pela liderança do mercado, o Windows Phone vem comendo pelas bordas, mas o grande problema é a falta de carisma que o sistema de Redmond carrega consigo. Enquanto o iOS possui fanáticos e o Android possui usuários que pouco se importam com o passado do Google, o Windows possui um mercado limitadíssimo. Já o Ubuntu não tem fanáticos ou simples “usuários”. Possui “torcedores”. Uma torcida que cresce diariamente e que faz questão de falar de seu sistema.tablet-home-portrait

  tablet-searchtablet-media-player-large

O Ubuntu Touch é um sistema projetado para telas de toque. Com design elegante e uma identidade visual própria, fruto dos anos que o Unity vêm sendo testado nos Desktops, o Ubuntu está recebendo em 2013 um novo servidor gráfico, o Mir, que irá substituir de vez o X.org, que vem sendo utilizado há mais de 20 anos e já não suporta tantas funcionalidades sem algumas “gambiarras”. O Mir está sendo projetado para atender às necessidades dos usuários e aos projetos relacionados ao Ubuntu Touch e ao Ubuntu Desktop.

Quando?

A previsão é que o sistema esteja disponível para o mercado consumidor até o final de 2013, mas é muito mais provável que seja mesmo em 2014 que o sistema irá chegar aos aparelhos mundo afora. Já de cara, o Ubuntu Touch irá competir com o Firefox OS pela quarta posição, sendo assim, não vamos cantar vitória antes do tempo e aguardar as novidades.

Operadores da Austrália, Indonésia e China já fazem parte do Ubuntu CAG (Carrier Advisory Group).

Jogatina no Linux acaba de ficar 75% mais interessante

Hoje, para a honra e glória da Valve, o Linux recebeu a versão beta do tão aguardado (desde o anúncio de que o Steam viria para o Linux) game Left 4 Dead 2.

O jogo, conforme anunciado na semana passada, foi liberado hoje em estágio de testes para os possuidores do título. Embora ainda careça de um polimento maior, é esperado que erros possam ocorrer em qualquer software em estágio beta de desenvolvimento.

2013-05-04_00003

Ainda nessa semana, foi liberado o game “Portal”, também em estágio beta de desenvolvimento. Estes dois títulos chegam para se juntar à Counter Strike, Counter Strike: Source, Half-Life, Half-Life 2: Deathmatch, Garris Mod e Team Fortress 2 no Linux, além dos outros 114 games disponíveis para o pinguim no cliente Steam.

Em contrapartida ao investimento da Valve no Linux (claro, visando o seu próprio console, o SteamBox), o número de usuários Linux no Steam vem diminuindo mês a mês desde o lançamento, que estava em 2%, no mês seguinte, 1,7% e na última contagem oficial da Valve, ~1,5%.

Nas próximas semanas, é possível que tenhamos os games Portal 2 e Half-Life 2 complementando a enorme quantidade de games no estilo First Person Shooter que o Linux possui.

Games igualmente interessantes, como Surgeon Simulator, Oil Rush, Dungeons Defenders, Bit Trip presentes…Runner 2:, Bastion estão disponíveis. Em breve, Euro Truck Simulator 2 também poderá ser apreciado nos sistemas baseados em Linux.

Novidades da próxima versão do Ubuntu

O Ubuntu continua com o lançamento de duas versões por ano. A última versão, o Ubuntu 12.10, embora tenha integrado uma versão mais recente da GTK e trazido a novidade dos webApps, não trouxe estabilidade suficiente que fizesse este pobre autor migrar, já a alardeada versão 13.04, embora ainda em versão beta, tem se mostrado bastante estável para um beta, já que a nova abordagem da Canonical com o Ubuntu é “qualidade diária”.

Instalei a versão ainda em desenvolvimento durante o final de semana e fiquei espantado com a qualidade, beleza e estabilidade da mesma, salvo alguns detalhes, como o Apport, que algumas vezes aparece para lembrar que esta versão ainda carece de cuidados, ou o fato driver de áudio não funcionar com o microfone interno do meu Dell.

Compilei então algumas novidades com imagens e vou mostrar para quem não está acompanhando pelos veículos especializados em Ubuntu o que esta versão traz de novidades.

A primeira coisa notada ao se inicializar o sistema e entrar em sua área de trabalho são os novos ícones do BFB (a bolinha com o logo do Ubuntu que dá acesso ao Painel), do “Arquivos”, o gerenciador de arquivos anteriormente conhecido por “Nautilus”, a Central de Programas e o polêmico-novo-ícone do “Updater”, ou “atualizador”.

Novos ícones no Ubuntu
Novos ícones no Ubuntu

O painel – ou Dashboard (Dash para os mais íntimos) – recebeu melhorias consideráveis de velocidade. Ele traz a polêmica função de buscar na loja da Amazon resultados enquanto você pesquisa documentos ou programas em seu computador a fim de alcançar algum financiamento para o projeto e ainda te ajudar a encontrar itens de seu interesse, como músicas e filmes online. Claro, essa função pode ser desativada.

O painel agora faz buscas em lojas online
O painel agora faz buscas em lojas online

Uma função legal na nova Dash é a opção de visualização de informações sobre o programa ou arquivo com o clique do botão direito do mouse, ou a pré-visualização (ou seria “pré-audição”?) de arquivos de música – seja local ou online (no caso de resultado de buscas em lojas online).

Preview de música direito no dash - repare o progresso na última faixa
Preview de música direito no dash – repare o progresso na última faixa

 As setas à esquerda e direita do item permitem avançar ou retroceder aos itens próximos.

Outra novidade legal está também no Lançador. Quando houver mais de uma instância (ou simplificando, “janela”) de um mesmo aplicativo aberta, é possível alternar entre elas clicando-se com o botão direito do mouse e selecionando a opção desejada entre as opções que aparecem na quicklist do ícone da mesma. Também é possível alternar girando o botão scroll do mouse sobre o ícone da aplicação.

Troque entre janelas de um mesmo programa com o botão direito do mouse
Troque entre janelas de um mesmo programa com o botão direito do mouse

 O “Files”, nome mais bonito para o aportuguesado “Arquivos” e substituto para “Nautilus” recebeu melhorias visuais. Ícones mais simples e ainda assim mais bonitos – os chamados “ícones monochrome” – estão na lateral esquerda. Os botões estão mais arredondados, o menu de aplicação deu lugar para um minimalista botão localizado à direita da janela e enfim, o gerenciador de arquivos recebeu um visual mais “clean“.

Files, o gerenciador de arquivos, está mais bonito
Files, o gerenciador de arquivos, está mais bonito

O gerenciador de atualizações recebeu um cuidado especial, exibindo apenas informações relevantes e deixando de lado todas aquelas informações adicionais que nada serviam para um usuário leigo na hora de atualizar o sistema.

O Gerenciador de Atualizações está mais enxuto
O Gerenciador de Atualizações está mais enxuto

Outra novidade bem-vinda é a nova tela de desligamento/reinicialização | bloqueio do sistema/encerrar sessão quando dentro do ambiente Unity. Uma translúcida tela exibe botões ícones no estilo monochrome.

Tela de bloqueio
Tela de bloqueio
Tela de desligamento
Tela de desligamento

Na parte de customização, o sistema incluiu a possibilidade de desativar as workspaces e a opção de exibição do ícone “Mostrar área de trabalho” no lançador. Estas opções estão disponíveis em Configurações de sistema > Aparência > Comportamento.

Remova as workspaces ou ative o ícone de exibição da área de trabalho no Lançador
Remova as workspaces ou ative o ícone de exibição da área de trabalho no Lançador

Sob o capô, uma novidade bem-vinda é o kernel Linux 3.8, trazendo suporte para novos dispositivos, uma nova versão (7.0) melhorada, mais rápida e estável do plugin Unity, inicialização mais rápida e a possibilidade de autenticação em máquina remota pela tela de login.

Existem outras novidades não citadas neste artigo, algumas podem ser removidas sem aviso prévio até o lançamento por se tratar de uma versão ainda em desenvolvimento, e outras podem ser inclusas. O Ubuntu 13.04 será lançado no dia 26 de Abril, uma sexta feira.

Vem aí o Ubuntu Day em SP

A Comunidade Ubuntu-BR e o LoCo Team Ubuntu-BR-SP convidam a todos para o 1º Ubuntu Day São Paulo.

uday_980

O Ubuntu Day é um evento oficial da Comunidade Ubuntu Brasil, que nasceu na ideia se criar um ambiente de troca de informações e experiências entre as diversas áreas da Tecnologia da Informação que desenvolvem, colaboram, difundem, treinam e utilizam o Ubuntu como ambiente operacional, apresentando assim ao usuário final a gama de possibilidades de uso do ecossistema Ubuntu. A Comunidade Ubuntu-BR também se orgulha de estar participando deste evento a Comunidade Fedora Brasil como convidada especial.

Segue abaixo a lista de palestrantes do Ubuntu Day São Paulo:

O evento, que é totalmente gratuito, será realizado na sede social do Sport Club Corinthians, na Rua São Jorge, Nº 777, Tatuapé – São Paulo, das 09 às 17h. Porém é preciso se inscrever para participar, tendo em vista as limitações de vaga impostas pelo local.

Para isso acesso o site oficial do evento ubuntubrsp.com/ubuntuday e realize sua inscrição agora mesmo! Aproveite também para adquirir uma das camisetas oficias do Ubuntu Day aqui.

Se inscreva, participe e ajude-nos a divulgar o Ubuntu Day colocando a hastag #UbuntuDaySP em suas mensagens no Twitter. E se você representa alguma empresa ou instituição e gostaria de nos patrocinar, por favor acesse nosso midia kit aqui.

Esperamos vocês lá!

Half-Life 2: Deathmatch é o próximo jogo da Valve para o Linux

Diariamente, novos games vêm sendo lançados para o sistema do pinguim. Nessa semana tivemos o lançamento de Day of Defeat e Day of Defeat: Source. Hoje, um novo game foi adicionado a lista, que já conta com 90 games confirmados de estarem funcionando: Half-Life 2: Deathmatch.

PS: O game não está mais disponível gratuitamente.

header

Agora falta algum game no estilo “Need for Speed” e “Sonic” para completar a nossa festa :)Já temos bastante games FPS.

[vídeo] Beat Hazard: jogo frenético de nave e música no Ubuntu

1340676-beat_hazard_004

O Humble Bundle que está a menos de seis dias do fim e já conta com mais compradores de Linux do que do OS X traz, entre outros ótimos games, o excelente “Beat Hazard Ultra”, que permite utilizar as músicas de seu computador ou de rádios online.

Como imagens valem mais que palavras, fiz um vídeo mostrando a jogabilidade de Beat Hazard no Ubuntu 12.04.

Vale lembrar que os jogos adquiridos no Humble Bundle podem ser ativados no Steam e quase todos estão disponíveis no Steam para Linux.

Caixa de diálogo Unity-Style prestes a chegar ao Ubuntu 13.04

Uma novidade mostrada pelo time de design do Ubuntu há quase um ano e meio atrás (e atualizada em Abril de 2012) e que deveria ter sido inclusa no Ubuntu 12.04 está em fase de testes para subir e fazer parte do Ubuntu 13.04.

A nova caixa de diálogo apresenta o característico estilo “camaleônico” do Unity, com fundo translúcido e apresentando as opções “Desligar” e “Log Out” (o nosso “Encerrar Sessão”). Para dispositivos com suporte ao recurso “Hibernar”, esta opção também deverá ser apresentada.

A novidade foi anunciada hoje no blog OMG! Ubuntu! e teve colaboração de Marco Trevisan.
Confira o vídeo abaixo do novo visual:

O Ubuntu 13.04 está parecendo cada mais mais interessante e bonito. Esperamos que junto com essa novidade, chegue também uma tela de “Shutdown” melhorada na tela de login.

E você? O que acha?