Geek?

ads_guiadomochileiroParabéns Nerds e Geeks do mundo inteiro. Hoje, dia 25 de Maio é o nosso dia.

Para quem ainda não sabe, o dia 25 de Maio foi reservado no calendário dos nerds espanhóis (e posteriormente dos americanos e outros) como sendo o dia do Orgulho Geek ou o dia da toalha e se você é um Nerd e não sabe porque o dia do Nerd também é o dia da toalha…me desculpe, mas você não é um Nerd de verdade. Para quem não sabe, Geek se pronuncia “guik”.

Por que dia da toalha?

O Guia do Mochileiro das Galáxias faz algumas afirmações a respeito das toalhas.

Segundo ele, “ a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoalvemente limpa.”

Por isso, não deixe em casa a sua toalha neste dia 25

Quais são os direitos e deveres de um Nerd?

Direitos

  1. O direito de ser Nerd.
  2. O direito de não ter que sair de casa.
  3. O direito a não ter um par e ser virgem.
  4. O direito de não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
  5. O direito de se associar com outros Nerds.
  6. O direito de ter poucos (ou nenhum) amigo.
  7. O direito de ter o tanto de amigos nerds que quiser.
  8. O direito de não ter que estar “na moda”.
  9. O direito ao sobrepeso (ou subpeso) e de ter problemas de visão.
  10. O direito de expressar sua nerdice.
  11. O direito de dominar o mundo.

Deveres

  1. Ser Nerd, não importa o quê.
  2. Tentar ser mais Nerd do que qualquer um.
  3. Se há uma discussão sobre um assunto nerd, poder dar sua opinião.
  4. Guardar todo e qualquer objeto Nerd que tiver.
  5. Fazer todo o possível para exibir seus objetos Nerds como se fosse um “museu da nerdice”.
  6. Não ser um nerd generalizado. Você deve se especializar em algo.
  7. Assistir a qualquer filme Nerd na noite de estreia e comprar qualquer livro Nerd antes de todo mundo.
  8. Esperar na fila em toda noite de estreia do filme Nerd. Se puder ir fantasiado, ou pelo menos com uma camisa relacionada ao tema, melhor ainda.
  9. Não perder seu tempo em nada que não seja relacionado à nerdice.
  10. Tentar dominar o mundo.

As obras que inspiraram o dia do Orgulho Geek

Em 25 de Maio de 1977 ocorreu a “premiére” que deu inicio a uma grande obra cinematográfica: Stars Wars era exibido pela primeira vez.

Já a escolha da toalha não é aleatória. Na obra “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, Douglas Adams (in memorian) descreveu o universo e nós (a Terra) diante dele com uma visão incrível e cita a toalha, como visto acima, como um item essencial na bagagem de um mochileiro.

Douglas Adams faleceu em 2001 aos 49 anos e o dia da toalha é também uma homenagem a ele.

Entendendo os NerdsO-Guia-do-Mochileiro-das-Galáxias

 

Para entender um pouco deste complexo mundo nerd (eu disse apenas um pouco, não seja tão convencido/a) é importante ler algumas obras e ver alguns filmes e seriados de TV, então, vamos ao mapa da mina.

Principais livros nerds:

  • O Guia do Mochileiro das Galáxias (uma trilogia de cinco livros) – Douglas Adams
  • 1984 – George Orwell
  • Trilogia da Fundação – Isaac Asimov
  • Os filhos de Húrin, Silmarillion, O Hobbit e O Senhor dos Anéis – J.R.R. Tolkien
  • Admirável mundo novo – Aldous Huxley
  • O Universo numa casca de Noz – Stephen Hawking

Principais filmes nerds:

  • Stars Wars
  • Star Trek
  • The Matrix
  • 2001 – Uma Odisséia no Espaço
  • Planeta dos Macacos
  • Metropolis
  • O dia em que a Terra parou
  • Minority Report
  • De Volta para o Futuro
  • O Exterminador do Futuro I e II
  • Batman: O cavaleiro das trevas
  • Blade Runner
  • Watchmen
  • Inception

Principais séries de TV

  • Arquivo X
  • The Big Bang Theory
  • Star Trek
  • Lost
  • Battlestar Galactica
  • Os Simpsons
  • Caverna do Dragão
Anúncios

7 comentários em “Geek?”

  1. boa noite kadu.
    kadu muito obrigado por me manter informado sobre o mundo linux,no meu e-mail ultimamente estou usando o linux mint 11 com o w7 ambos 64 bits.Uso o mint pois acho ele mais bonito que o ubuntu quando uso o tweak no mint funciona perfeito no ubuntu da alguns erros mais tive avanços consideraveis pois para mim confugurar o compiz era bicho nao de 7 cabeças mais de 1000.Nao estou completamente no linux por motivos de jogos,mais espero melhorar a grana para fazer um curso que quero que é o analise de sistemas,gosto de informatica aprendi a maiorias das coisas nos blogs,chats,e afins pois a informação nunca ira acabar e quanto mais melhor.

  2. Parabéns pelo site. Gostei e vou começar a segui-lo.

    Só acho que ser nerd é também o de gostar de mulheres e querer ser feliz 🙂

    Claro, dominando o mundo.

    Já baixei o manual do ubuntu aqui no orgulho geek e estou desejoso por ler.

    Só mais uma questão, orgulho geek pode soar a orgulho gay. Penso que ser geek ou nerd não é uma questão de orgulho. Claro que temos orgulho de ser o que somos mesmo que não sejamos compreendidos mas penso que o projeto merecia um nome melhor para não ser confundido.

    freegeek.net por exemplo.

    cmp

    1. Obrigado!
      Em nenhum momento nesse site é dito que nerds não gostam de mulheres. E quer dizer que não podem haver nerds gays?
      2º: Soar mais ou menos gay não nos faz menos geeks. Na verdade, penso que nerds e geeks são inteligentes a ponto de não confundirem seu orgulho com o orgulho de ser gay, mesmo que existam aqueles que tem os dois orgulhos.
      3º: Quanto a merecer um nome melhor, isso é subjetivo. Um nome que pode ser melhor para você pode não ser bom o suficiente para o restante dos nossos leitores, parceiros e anunciantes.

      Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Não somos nerds, somos geeks!

%d blogueiros gostam disto: