Ser blogueiro não é brincadeira de criança (NSFW)

// < ![CDATA[
// < ![CDATA[
// < ![CDATA[
//
// < ![CDATA[
// < ![CDATA[
// < ![CDATA[
//

O OrgulhoGeek é um blog que, embora se chame OrgulhoGeek desde 2010, está no ar desde 2007, quando eu ainda comecei a me interessar mais pelo mundo da TI. Comecei o blog com o nome de KaduBlog no Blogger e mudei o nome do blog para “O Pirata Digital”, afinal, não era sobre “As aventuras do Kadu”, mas sim, sobre tecnologia, cinema, TV e música e em 2008 migrei para o WordPress.com. Já em 2012, mudei o blog para um server pago no e-Consulters.

Durante todos esses anos, posso ter a consciência tranquila que, se eu não criei um determinado conteúdo, ele foi (a) – Criado à partir de conhecimentos técnicos, estudos e/ou experimentos, (b) – Adaptado com meu ponto de vista e citando a fonte da notícia, ou (c) – Traduzido e adaptado do idioma inglês com meus poucos conhecimentos, mas suficientes, desta língua para isso.

Nessa semana, mais precisamente no dia 26 de Julho às 0:08 eu publiquei um artigo adaptado do Kotaku americano, que, por sua vez, havia colhido a notícia do site AllThingsD. Li a notícia, absorvi o conteúdo, adicionei conhecimentos adquiridos e itens de artigos anteriores para que a notícia fosse mais completa. Um trabalho e tanto. Coisa que faço por prazer, porque gosto, mas que dá trabalho.

O incidente da cópia e a… bem…veja por si

Alguém então passou pelo OrgulhoGeek e falou: ” – Nossa! Essa notícia ficaria ótima no meu site…” e copiou, na íntegra, incluindo imagens e links, todos o conteúdo do artigo. As imagens estavam sendo linkadas direto do servidor PAGO do OrgulhoGeek, chupinhando nosso consumo de transferência, e o dono do blog sequer teve o trabalho de colocar no final do artigo “Copiado na Íntegra do OrgulhoGeek”. Sendo assim, tive que fazer este favor. Confira (NSFW):

É lógico eu tive de alterar a imagem que estava no artigo do OrgulhoGeek para enviar esta imagem, e detalhe: essa imagem não estava com a mancha escura e as marcas. Quando o sujeito copiou nosso artigo, copiou as imagens e os links para as imagens em nosso servidor. O trabalho foi simples: renomeei a foto do artigo e enviei uma nova imagem para o blog com o nome antigo e conteúdo “indesejável”. Confira nosso artigo abaixo:

Claro que antes de fazer essa “barbaridade“, eu solicitei que a pessoa removesse o conteúdo de seu blog através de comentário e de recado pelo Facebook e aguardei 15 minutos. Depois da M feita, a pessoa respondeu por email com a seguinte mensagem:

Pronto Sr Kadu, prometo que da próxima vez serei mais atencioso com minhas postagens. Garanto que não esquecerei de colocar as fontes ou pelo menos deixar um link como referencia. Grato pela atenção

Não é a primeira vez que fazem isso com artigos do OrgulhoGeek. Sou o único a escrever nesse blog, tenho um trabalho danado para criar conteúdo, como tutoriais completos sobre Windows (até 2010), Hackintosh (até 2009) e Ubuntu (desde 2008), adaptar conteúdo de língua estrangeira e escrever dois livros, para ver meu trabalho ser copiado, colocado em outros lugares e depois o OrgulhoGeek acabar levando fama de “kibão”? #Cansei!

Sempre prezei para que este blog trouxesse conteúdo de qualidade para seus quase 1000 visitantes diários e vou continuar fazendo isso enquanto puder.

Kadu

Anúncios

9 opiniões sobre “Ser blogueiro não é brincadeira de criança (NSFW)”

  1. Cara, embora alguns digam que sua atitude foi exagerada, eu não a vejo assim.
    As pessoas investem tempo [e muito tempo] em criações de artigos de excelente qualidade, como os artigos do OG, sem contar o dinheiro investido nos servidores.

    Ai vem um cara e da um simples ctrl+c ctrl+v e tem todo seu trabalho chupinhado, sem ao menos indicar as fontes [o que se enquadra em plágio]
    E como disse acima, ele consome todo o seu tráfego.

    Muito boa a lição que deu nele.
    Essas pessoas tem que aprender respeitar o conteúdo alheio!

  2. Ladrão tem que ser punido mesmo,por isso estou migrando do Windows o qual não posso comprar
    para nosso Ubuntu, e espero aprender mais sobre Linux embora não seja mais “tão” novinho.
    Parabens e continue a defender sua “cria” com unhas e dentes.

  3. Resumindo tudo que pensei e senti ao ler esta postagem (e, de quebra, fazendo referência ao blog): Estou extremamente orgulhosa!
    Meses atrás também descobri uma cópia de algo que criei, sem referência alguma.. ÓDIO! Após entrar em contato com a pessoa (usando toda minha educação para não chamá-la da forma que gostaria) e sentir uma raiva ainda maior ao ler sua “justificativa”, quis tomar uma atitude assim, mas por influência de familiares e amigos, acabei ‘deixando passar’. Resultado, não sosseguei em relação a isso, mas não fiz nada.. por isso, me senti realizada (ao menos em parte), ao ver que nem todos são fracos como eu e que esse tipo de pessoa nem sempre fica ‘impune’.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s