Rhythmbox pode voltar ao Ubuntu no 12.04

O Rhythmbox acompanhou o Ubuntu durante muito tempo, mas o último suspiro desse casamento aconteceu no Ubuntu 10.04 e já no 10.10 o player de músicas padrão foi o Banshee.

Durante toda essa semana, está acontecendo em Orlando, a UDS, Ubuntu Developer Summit. O UDS é um evento onde é decidido o que virá no próximo lançamento e o que sairá de cena.

O Banshee, o atual player padrão do Ubuntu, embora bem elaborado e com recursos interessantes, ainda sofre um certo preconceito por alguns integrantes da comunidade livre, pois parte de seu código-fonte é escrito em Mono, uma implementação livre da tecnologia .Net da Microsoft.

O Rhythmbox é um player estável, feito em GTK, completamente livre de Mono e é bem integrado ao ambiente GNOME. Na época do GNOME 2.x, ele foi alvo de duras críticas minhas nesse blog, mas no ambiente GTK 3 ele tem mostrado uma integração visual melhor.

Caso a Canonical aceite a ideia de tornar o Rhythmbox padrão novamente, terá de fazer ajustes em sua loja Ubuntu One Music Store e nas lentes do Unity, readequando-as a procurar músicas na biblioteca do player. Outro fator importante que conta à favor do Rhythmbox é que a última edição LTS do Ubuntu (10.04), teve o Rhythmbox como padrão, e que seria a opção mais estável para outro LTS e seria mais segura para quem fizesse a migração LTS-LTS.

Embora a discussão seja acalorada entre os defensores das duas opções, a proporção é 50% para cada lado e ainda faltam alguns dias para o fim da UDS. Até lá, muita coisa poderá mudar.

E você? Qual player prefere?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s