Desura

Games no Linux: Steam não quer? Tem quem queira…

Games ainda são uma grande barreira que mostra a real diferença entre Windows/Mac e Linux.

Enquanto no Windows games saem aos montes todos os meses, menos da metade são proveitosos. Os mais famosos trazem gráficos estupidamente lindos com o uso do DirectX, mas, sofrem um bocado com a pirataria.

Embora no Linux também ocorra a pirataria, ela é menor, mas muito menor que a pirataria no Windows, e a quantidade de games realmente relevantes também é muito pequena. Entretanto, 2011 tem prometido ser o melhor dos anos de jogos no Linux.

Desura

Atualmente o Linux tem sido o foco de empresas de games Indie, também chamados de games casuais, que não precisam de muito tempo e energia do jogador, mas oferecem horas de diversão, normalmente por preços “acessíveis”. Existe até um evento que ocorre de tempos em tempos, o Humble Indie Bundle, que, além de oferecer pacotes com games no estilo “pague o quanto quiser”, permite que o comprador instale o game quantas vezes quiser. Nada de DRM. Um dos melhores Humble Indie Bundle me permitiu comprar o maravilhoso World of Goo, Penumbra, Aquaria e mais três.

Por ser escassa a oferta de games no Linux, qualquer coisa nova que apareça, torna-se motivo de grande movimentação. Esse “mercado carente” está começando a tomar alguma forma nesse ano com a chegada de alguns games interessantes à plataforma, como Oil Rush (que eu já pré-comprei) e Trine 2 (a ser lançado até o final do ano).

Oil Rush é um game feito sob OpenGL e uma engine chamada Unigine, e traz gráficos surpreendentes, além de enormes mundos virtuais com dupla-precisão de localização, segundo últimas atualizações. Veja o trailer do game abaixo:

O Steam, maior plataforma de compra de games pela internet, já deixou claro que não tem interesse em portar os games da Valve para o Linux, o que deixou muitos jogadores “cabisbaixos”, mas logo veio a promessa de um “salvador”: Desura, que está desenvolvendo sua plataforma de distribuição no Linux, mesmo que ainda não dê prazos.

Outra tentativa de aproveitar esse mercado, é o pequeno “Gameolith”. Claro, bem simples.

A própria Central de Programas do Ubuntu traz alguns excelentes games, como o World of Goo, Braid, Family Farm e o mais recente “Beep”, que pode ser adquirido com cartão de crédito internacional.

Login do Desura
Login do Desura

Empresas como Frozenbyte (produtora de Trine 1 e 2) e o Desura, estão apostando suas fichas nesse mercado faminto por games de qualidade, e deixando esperançosos os ávidos jogadores da plataforma Linux, após ver que nos eventos Humble Indie Bundle, os mesmos compradores usuários de Linux pagavam mais que os de outras plataformas.

O mercado Linux é hoje uma excelente alternativa de investimento na produção de jogos. Principalmente se forem jogos “Only for Linux”. Primeiro, porque o sistema é gratuíto, então, se o usuário não pega pelo sistema operacional, ele pode economizar e comprar aquele game irado. Segundo, jogadores Linux pagam mais, pois, por não terem tantas opções, dão valor ao que tem. Compram. Terceiro, se seu game for um App Killer, espere uma migração em massa para a aquisição daquele game e torne-se uma lenda.

Okay, okay, pode ser até um pouco fantasioso, mas, embora aplicar isso possa ser um pouco caro, sonhar alto não custa.

Dentre outros games interessantes que não estão disponíveis via Central de Programas do Ubuntu, posso destacar Revenge of Titans e Osmos. Confira os trailers abaixo:

Kadu é comprador compulsivo de games. Além de vários games para Windows, ele já tem para Linux (no Ubuntu, claro) Steel Storm Episode 2, Oil Rush, Aquaria, World Of Goo e vai comprar Beep e Trine 2 assim que sair. 🙂

Anúncios

4 opiniões sobre “Games no Linux: Steam não quer? Tem quem queira…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s